Conheça os benefícios das novas ferramentas do Facebook

.Apps/Softwares

O Facebook lançou novas soluções para o WhatsApp e Instagram, que vão permitir uma facilidade na comunicação entre as empresas e seus clientes. Todas essas soluções fazem parte do F8, uma conferência da rede social para desenvolvedores, que aconteceu no início de junho

Entre as novidades, o WhatsApp permitirá que os clientes respondam perguntas de múltiplas respostas, sendo uma opção mais ágil e também será possível a implementação mais rápida da API (Interface de Programação de Aplicações) para a versão Business do aplicativo.

Contudo, uma das novas ferramentas que mais vem chamando a atenção das plataformas de atendimentos digitais e empresas que trabalham vendendo pelas redes sociais, é a inclusão do Direct do Instagram, que teve a API liberada, oficializando o meio como um dos canais de comunicação empresarial legítimos.

Para Diego Freire, CEO da plataforma de atendimento digital Huggy, por ser uma canal com mais de um bilhão de pessoas utilizando diariamente, o Instagram poderá atender de forma única, personalizada e escalável muitos consumidores. Ele cita como exemplo, que o aplicativo conectado com a Huggy, abre um leque de oportunidades jamais visto, pois ele já é uma vitrine que vem sendo utilizada nos últimos anos e que em conjunto com a automatização pode melhorar a qualidade do processo de compra do serviço ou produto.

Para sua criação é simples. Após criar sua inteligência artificial, é necessário ter um atendimento humano, não pode ser 100% automatizada para garantir que a dúvida seja solucionada de forma eficaz. Depois disso, o criador do perfil passa por um review e então, o Facebook faz a liberação da sua conta.

“Os benefícios são inúmeros, desde um novo mercado, que agora você pode ter um atendimento digital no Instagram, até a criação de novas experiências para seus clientes, no momento de compra, durante e no pós-venda”, explica Freire.

Vale ressaltar que essas liberações ainda possuem algumas limitações e no decorrer do processo o próprio Facebook vai liberar para que mais empresas consigam utilizar esse canal. Por enquanto, é necessário, como requisito, ter acima de 10 mil seguidores para utilizar a ferramenta, mas está previsto que em julho passe a ser acima de mil seguidores, e por fim, na última atualização, vai abranger para qualquer tamanho de conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.