Kaspersky lista dicas para compras do Dia das Mães de forma online e segura

.Notícias

Uma das datas mais importantes do varejo pode ser alvo de cibercriminosos em busca de usuários desatentos

Ainda por conta do distanciamento social causado pela pandemia da Covid-19, bem como as medidas de restrições em diversas cidades no país, muitos brasileiros seguem realizando a maioria de suas compras de forma online. Com a chegada do Dia das Mães, uma data importante para o comércio, o cenário tende a não ser diferente. De acordo com dados da Ebit /Nielsen, as vendas online tiveram um crescimento de 117% de 2019 para 2020, impulsionado pela pandemia e pela presença de novos usuários comprando de forma online.

Apesar da transformação digital ter acelerado no Brasil, é importante que os usuários tenham cuidado e atenção ao realizar compras. Um recente relatório da Kaspersky indica que o brasileiro está mais consciente da necessidade da segurança digital, apesar de ainda precisar mudar o comportamento online – 33% ainda duvida que tenha algo de valor para ser vítima de um ciberataque. A empresa de cibersegurança também observou que, com o início da pandemia, os ataques de phishing se intensificaram e o país é o principal alvo de cibercriminosos – o índice de brasileiros alvos de phishing (20%) está acima da média mundial (13%).

“Os usuários brasileiros estão cada vez mais digitais e têm comprado de forma online. As grandes datas que movem o varejo, como Dia das Mães, por exemplo, são uma isca para os cibercriminosos.

Eles aproveitam da ansiedade de usuários por boas ofertas e contam com o comportamento online de muitos, que não verificam todos os detalhes do site em que realizam compras ou não acreditam que podem ser vítimas de um golpe”, ressalta Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky.

O especialista ressalta, ainda, que é importante ter consciência de que nem tudo que é oferecido na internet é verdadeiro. “Os usuários devem desconfiar de preços absurdos e ficar atentos à anúncios que redirecionam para sites cujo nome é diferente do legítimo, por exemplo. Desta forma, poderá se prevenir de golpes e ajudar amigos e familiares a também fazer compras seguras”, acrescenta Fabio .

Para que todos possam fazer compras online de maneira segura, a Kaspersky listou algumas dicas:

• Desconfie de promoções com links desconhecidos. Mesmo que você tenha recebido uma mensagem de alguém conhecido indicando uma oferta ou promoção, tenha cuidado com o link enviado pois ele pode ser malicioso. Links como estes são criados para baixar malware em seu dispositivo, para direcioná-lo a páginas de phishing que coletam dados do usuário ou até mesmo para minar criptomoedas;

• Verifique o domínio do site e atenção ao cadeado. Encontrou um site desconhecido com ofertas tentadoras? Antes de comprar consulte a lista do PROCON e também o Registro.br, na sessão ” Whois“, que informa quem registrou o site. Golpistas geralmente usam endereços de e-mail gratuitos para registrar o domínio (Hotmail, Gmail etc.). Também verifique se o site possui conexão SSL (o cadeado de segurança), pois raramente sites fraudulentos o exibem;

• Atenção ao informar dados pessoais. Não insira detalhes de seu cartão de crédito em sites desconhecidos ou suspeitos, para evitar que chegue nas mãos dos cibercriminosos. Se esses sites estão oferecendo ofertas vantajosas que parecem muito boas para serem verdade, elas provavelmente pertencem a criminosos;

• Obtenha um cartão de crédito virtual ou temporário. Algumas empresas de cartão de crédito emitem um número temporário para seus clientes. São números que podem servir para compras únicas. Entretanto, evite usá-los para compras que exigem renovação automática ou pagamentos regulares.

• Faça compra em sites confiáveis. Sempre que quiser realizar uma compra online, busque marcas que possuam clareza nas informações dos produtos e/ou serviços, bem como uma lista de formas de pagamento disponíveis. É importante também observar se no site de compras constam todos os dados necessários para a localização do fornecedor, como o nome empresarial, CNPJ e o endereço.

• Cheque a reputação da loja. Uma boa prática é sempre consultar sites, como Procon e Reclame Aqui, para ver registros de reclamações de clientes com objetivo de avaliar a credibilidade da empresa que está comprando.

• Instale uma solução de segurança. Veja se seu antivírus possui tecnologias integradas para evitar fraudes financeiras. Por exemplo, a tecnologia Safe Money, integrada às soluções da Kaspersky, cria um ambiente seguro para transações financeiras em todos os níveis. Além disso, links maliciosos são bloqueados em todas as soluções .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.