Do escambo ao e-commerce, a evolução do comércio

.Apps/Softwares

Dos primeiros povos que praticavam o escambo, chegando no e-commerce e a possibilidade de comprar online, a evolução das formas de comercializar produtos e serviços

O conceito básico de comércio resume-se a uma troca entre duas ou mais pessoas, registros históricos de vários povos, apontam que o comércio existe desde a antiguidade. As transações comerciais que englobam o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços, no início feitas pelos primeiros povos – fenícios, árabes, assírios e babilônios – consistiam basicamente na troca direta de um produto por outro, processo conhecido como permuta ou escambo, método que foi suficiente para os povos antigos durante vários séculos.

Com o passar dos tempos o comércio foi sendo incrementado com as expedições e a descoberta de novos mundos. A utilização de pedras, metais preciosos e especiarias ganhou força nas comercializações. As sociedades evoluiram, tornaram-se mais complexas e as moedas surgiram como parte de um sistema mais eficiente para as negociações. O valor era definido pelo peso do metal precioso (bronze, prata, ouro,) do qual eram feitas.

A moeda revolucionou o comércio e se espalhou pelo mundo. Depois de alguns séculos surgiu o conceito do papel-moeda emitido por governantes locais que atestavam sua autenticidade. Sem valor real eram meras representações de uma riqueza armazenada em algum lugar.

Surgimento da venda à distância

Em 1888 o norte-americano Richard Sears iniciou a venda de produtos à distância através de um sistema de catálogos com o objetivo de atender as regiões mais remotas dos Estados Unidos da América sem abrir lojas físicas ou viajar com os produtos. A Sears foi a pioneira e líder deste setor.

Catálogo da Sears de 1900

Os pedidos chegavam por diversos meios, inclusive pelo telégrafo, e os produtos eram enviados pelos correios usando a estrutura de ferrovias. O catálogo de produtos aumentou e na década seguinte o famoso Wish Book da Sears ultrapassou 700 páginas em cada edição, com gravuras, descrições e preços de milhares de produtos.

Em 1979 Michael Aldrich, empreendedor britânico, criou o Videotex, uma TV modificada conectada a uma linha telefônica que permitia fazer compras online.Os dispositivo permitia outras aplicações através da interação com computadores de grande porte das empresas contratantes.

Michael Aldrich e o videotex

Em pouco tempo, sua invenção se espalhou por todo o Reino Unido e Aldrich denominou de teleshopping esta nova maneira de fazer negócios.

Em 1982 foi lançado na França pela PTT (Postes, Télégraphes et Téléphones) o Minitel, um terminal de texto ligado a uma linha telefônica que permitia fazer compras online, reservar passagens de trem, consultar o valor de ações na bolsa de valores, pesquisar o catálogo telefônico e até conversar com outros assinantes através de um chat online.

O Minitel é considerado um precursor da internet

Surgimento da World Wide Web

Em 1990 Tim Berners-Lee, inglês, cientista da computação, criou a World Wide Web, primeiro navegador web, os protocolos e os algoritmos básicos que permitiram o surgimento da internet.

Em 1994 a primeira venda realizada pela internet ( e-commerce) foi uma pizza de pepperoni e champignon com queijo extra comprada no site da PizzaHut.

Do escambo/permuta, passamos pela moeda, papel-moeda (dinheiro), cheque, cartão de crédito que ajudaram a criar a base sobre a qual o comércio eletrônico se apoiou.

1995 ficou marcado pela fundação da Amazon e do eBay. Gigantes do e-commerce mundial que revolucionaram a maneira de se comprar e vender todo tipo de produto pela internet, transformando o comércio eletrônico em um fenômeno de massa.

O Comércio Eletrônico complementa o processo de vendas, elimina intermediários da cadeia de suprimento, auxilia na globalização da economia e diminui limites geográficos. Atualmente é possível comprar praticamente tudo online, especialmente em tempos de pandemia, o e-commerce tem sido o maior aliado do isolamento social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.