Laboratória : inscrições para formação de mulheres programadoras

Presente no Chile, México e Peru, a Laboratória, startup sem fins lucrativos que busca a inclusão de mulheres de baixa renda por meio da formação em programação front-end, abre inscrições para a segunda turma do curso. As interessadas não precisam ter experiência em tecnologia e precisam atender a requisitos básicos como: ser mulher, maior de 18 anos e ter estudado o ensino médio em instituições públicas ou privadas com bolsa por critério de renda.

São 60 vagas e as inscrições para o processo seletivo são realizadas online (selecao.laboratoria.la) até 30 de novembro. As fases de entrevistas e pré-admissão acontecerão entre os dias 05/11 e 05/12, e as aulas começarão em janeiro de 2019, em São Paulo. O programa de formação, ou Bootcamp, dura 6 meses, e prepara as 60 alunas para se tornarem programadoras Front-End, com aulas sobre JavaScript, HTML, CSS e UX, entre outras especializações. O programa é encerrado com o evento “Talent Fest“, quando as empresas parceiras dispostas a recrutar talentos propõem desafios reais para que as alunas resolvam.

Fundada no Peru, a organização já formou mais de 850 programadoras, das quais 80% conseguiram trabalho na área de tecnologia, um segmento majoritariamente masculino. As alunas não pagam nada durante o curso e, depois de conseguirem um emprego, elas pagam uma contribuição para que outras mulheres possam ter a mesma oportunidade.

Para saber mais sobre a Laboratória:www.laboratoria.la/br

Inscrições: selecao.laboratoria.la

Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Post Author: Veridiana Serpa

Veridiana Serpa é editora do Geek Chic e do 30&Alguns, administra as comunidades Brazilians Abroad, Firma Produções e Mãe de Gente no Facebook. Designer de bio-jóias, editora de vídeo, Turismóloga, mãe, esposa, geek que tem presença e influência na internet desde 1999, além de ter sido colaboradora nos blogs Digital Drops, Nossa Via e Deusario e TechTudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.