Museu Coopermiti com eletrônicos desde a década de 30


Postado em por Veridiana Serpa

A cooperativa Coopermiti, especializada em lixo eletrônico, tem capacidade para receber mensalmente 100 toneladas. Diariamente recebe diversos aparelhos descartados e, entre eles, muitas vezes encontram verdadeiros tesouros que ajudam a remontar a história da tecnologia – tanto que viraram peça de museu. Atari 2600, Telejogo, Máquina de Datilografia e Telefone Telesp, são velhos conhecidos de quem viveu os anos 80, mas para as crianças e adolescentes são novidade.

Todo o acervo fica localizado no galpão da Coopermiti, em São Paulo. A cooperativa leva a exposição itinerante para eventos e empresas, para alertar sobre as práticas de descarte consciente. Especialmente em São Paulo, estado campeão em geração de resíduos eletrônicos, com 448 mil toneladas ao ano e com uma taxa de reciclagem ainda inexpressiva.

A Coopermiti também demonstra agora as peças em sua página www.coopermiti.com.br/museu

Com sede localizada no bairro da Casa Verde, o grupo também recebe o lixo eletrônico diretamente no local ou nos postos de coleta espalhados pela cidade. Para visitar o museu, agendar visitas escolares ou até esclarecer dúvidas sobre como entregar equipamentos para reciclagem, basta entrar em contato com a equipe – que, inclusive, está preparada para receber aparelhos de TV analógica, que caíram em desuso.

Coopermiti
Rua João Rudge, 366 – Casa Verde
02513-020 – São Paulo – SP
Tel. (11) 3666-0849

Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Deixe uma resposta