Na hora da mudança, empresário precisa estar atento


Postado em por Geek Chic

*por Robson Costa

A sua empresa precisa de um novo espaço, seja pelo crescimento ou pela economia, e está na hora de mudar. Toda mudança gera impactos. A última coisa que o empresário está realmente pensando é na infraestrutura de telefonia; não porque não se preocupa com ela, mas porque está condicionado a resolver o que for de mais imediato – crescimento ou redução da equipe, necessidade logística, expansão de marca e localização estratégia são alguns dos motivos para quebrar a cabeça e pensar. E o ramo de telefonia requer atenção, pois trabalha com prazos que podem custar caro ao empresário.

Muitas são as perguntas que o empresário deve se fazer antes de tomar qualquer decisão: há disponibilidade e diversidade de serviços pelas operadoras na região? Chegam links de internet, de diversas operadoras e tecnologias? Fibra ótica e rádio estão disponíveis, ou somente ADSL? E as instalações, possuem cabeamento e infraestrutura ideais para operação? São instalações novas ou antigas? Que tipo de problemas postergar uma reestruturação pode trazer? E quais impactos negativos surtiriam nos funcionários ao se defrontar com estes problemas em um novo endereço, num curto espaço de tempo? Muitos centros comerciais demonstram uma ótima instalação, mas podem ser reféns de regiões com pouco investimento de infraestrutura por parte dos prestadores. O empresário deve tomar sua decisão buscando uma região com grande variedade de opções, para não ficar refém de preços abusivos ou baixa qualidade de entrega.

Após verificar essa situação, o próximo passo é planejar a mudança: ligar para os prestadores e saber quais são os prazos para migração de endereço. Tecnologias como linhas analógicas e links de internet compartilhadas (mais domésticos) têm prazos rápidos, normalmente de até 15 dias. Já linhas digitais (E1) e links dedicados (produtos direcionados a empresas) tem prazo formal de até 60 dias, mas é notória a quantidade de casos em que a entrega ultrapassa o prometido. Operadoras muito grandes, que têm sua mão de obra terceirizada, carecem de alinhamento contínuo nos mapas de suas redes. Muitas vezes, um atendente telefônico confirma a disponibilidade de uma linha ou link de internet acessando um mapa desatualizado, e depois, na prática, a região pode estar saturada e aguardando novos interesses comerciais para que se justifique investimento. O melhor que se pode fazer é ter informações e buscar empresas que o auxiliem nesse processo.

Muitas vezes, em uma mudança, telecom fica por último na lista de prioridades, o que traz problemas não previstos que podem atrasar – e muito – a operação efetiva da empresa no novo endereço, forçando fornecedores a prazos que não possuem, e prejudicando uma entrega do serviço de qualidade. Por isso, é importante que o empresário tenha em mente que uma mudança é a oportunidade para fazer escolhas certas para sua empresa, em todo e qualquer sentido.

*Robson Costa, diretor do Grupo Encanto Telecom.

Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Deixe uma resposta