NX 11 da Siemens e a Modelagem Convergente


Postado em por Geek Chic

O software NX 11 da Siemens usa a Modelagem Convergente, trazendo um grande avanço no desenvolvimento digital de produtos, o novo sistema simplifica consideravelmente o trabalho com geometrias facetadas, superfícies e sólidos, sem exigir um processo demorado de conversão de dados. A Modelagem Convergente permite aperfeiçoar o desenvolvimento de peças para impressão 3D, acelerar o processo de desenvolvimento em geral e tornar a engenharia reversa uma prática muito mais comum e eficiente no desenvolvimento de produtos. O NX 11 traz muitas melhorias em projeto assistido por computador, manufatura e engenharia (CAD/CAM/CAE), como 3D CAE de próxima geração, que utiliza o software Simcenter 3D, e melhoria na produtividade de CAM, com ferramentas como usinagem robotizada e manufatura aditiva híbrida para ajudar a aumentar a eficiência.

As tecnologias avançadas do NX 11 para manufatura aumentam a flexibilidade e a precisão da usinagem, reduzundi o tempo de programação e melhorando a qualidade das peças e com capacidade avançada de reconhecimento de recursos automatiza a programação de peças com muitos furos, reduzindo o tempo de programação em até 60%.

O Simcenter 3D (também disponível como um aplicativo independente) realiza todas as funções de simulação no NX para prever o desempenho do produto, segundo a fabricante, fornecendo aos usuários uma experiência perfeita na navegação entre as tarefas de desenvolvimento e simulação, além de acelerar o processo de simulação, combinando a melhor edição de geometria da categoria, modelagem de simulação associativa e soluções multidisciplinares integradas ao conhecimento da indústria.

Solvers rápidos e precisos capacitam análises estruturais, acústicas, térmicas, de fluxo, de movimento e de compostos, além de oferecer otimização e simulação multifísica. Com o NX 11, o Simcenter 3D apresenta novas capacidades de modelagem e a simulação de máquinas rotativas, um novo ambiente para acústica interna e externa e melhorias significativas na análise de danos de estruturas compostas.

Novas técnicas, como manufatura aditiva, abrem portas para a criação de designs com formas que podem fornecer níveis superiores de desempenho e além disso, a Modelagem Convergente elimina limitações ao levar aos designers a flexibilidade de criar rapidamente novas formas, aproveitando melhor os materiais e as técnicas disponibilizados por meio da manufatura aditiva.

Usuários de vários setores, incluindo medicina, automotivo e bens de consumo, entre outros, estão cada vez mais utilizando dados 3D digitalizados como parte do processo de desenvolvimento.  A Modelagem Convergente reduz consideravelmente a necessidade de retrabalho ao reunir os dados digitalizados, que podem ser trabalhados diretamente no NX 11 eliminando a necessidade de mapear superfícies, criar sólidos ou outras formas manualmente.

Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Deixe uma resposta