Como proteger seus bitcoins

Postado em por Geek Chic ?>

A guarda de bitcoins envolve basicamente a proteção correta de uma “chave criptográfica privada”, que é uma sequência de letras e números que dá acesso ao valor guardado por alguém na rede Bitcoin. Essa chave é como se fosse a senha que dá acesso a um e-mail, ou conta bancária, por exemplo.

Para o armazenamento seguro dos bitcoins existem diversas formas e diferentes dispositivos. Confira alguns:

Carteiras para celular

São aplicativos que rodam no smartphone que guardam as chaves criptográficas e possibilitam pagamentos diretamente a partir do telefone. O seu funcionamento é bem simples.

Entre as carteiras para celular Android mais usadas podemos citar a Blockain Wallet, Mycelium, Xapo e Bitcoin Wallet. Já para celulares com iOS as mais famosas são a Blockchain Wallet, Mycelium e Xapo.

Carteiras Online

São carteiras que guardam as chaves privadas em um servidor que está conectado à internet. A principal vantagem delas é que você pode usá-las de qualquer dispositivo que esteja conectado à internet, seja ele um desktop, celular ou tablet, por exemplo.

A grande desvantagem destes serviços é que você terceiriza a guarda de suas moedas.

Como exemplos desse site temos o Mercado Bitcoin , uma bolsa para compra e venda de bitcoins e uma carteira que pode ser usada no Brasil para troca de bitcoins por reais e de reais por bitcoins. E o Blockchain, site com a carteira mais popular no planeta com mais de 8 milhões de usuários.

Carteiras para computador desktop

O próprio software para conectar seu computador, chamado de Bitcoin Core é uma carteira que possibilita o envio e recebimento de bitcoins. Há outros conhecidos como o Armory, cujos destaques são funcionalidades de segurança e o Multibit que roda em Window, Mac e Linux.

Carteiras em Hardware

Carteiras em hardwares são equipamentos com duas funções: fazer a guarda segura dos bitcoins assim como facilitar pagamentos.

As mais conhecidas são a Trezor, que custa 99 dólares e a carteira Ledger cuja opção mais em conta sai por 15 euros. No Brasil, é produzida uma carteira em acrílico, a Walltime, ideal para guarda por longos períodos.

Via

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta