5 ferramentas que valorizam o e-commerce


Postado em por Geek Chic

De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em 2016, o e-commerce nacional deve aumentar 18% e faturar R$ 56,8 bilhões em comparação com o ano anterior. Em 2015, o setor cresceu 22% com um faturamento de R$ 48,2 bilhões ante 2014.

Mesmo que os números sejam positivos e cada vez mais as pessoas estão efetuando suas compras por meio das lojas virtuais, outros mantém a desconfiança em adquirir os produtos pela internet por diferentes fatores. Uma delas é em relação a entrega e qualidade dos produtos. Atualmente, existem ferramentas no mercado que asseguram a confiabilidade do e-commerce, com o objetivo de mostrar por meio do logo e/ou símbolo que aquela determinada loja possui uma boa reputação.

Abaixo alguns exemplos de empresas:

1. Trustvox: Primeira e única certificadora de reviews no Brasil. Atua com o propósito de tornar a sinceridade padrão de mercado no e-commerce e, por consequência, gerar cada vez mais vendas aos comerciantes. Atualmente, conta com mais de mil varejistas utilizando a plataforma e, dentre eles O Boticário, Polishop, Época Cosméticos, Grupo Technos, World Tênis, Shopfato, Aleatory, Shoulder, Trifil, Mash, Scala, Di Pollini, entre outros.

2. Konduto: A plataforma, com tecnologia única e inovadora, tem o objetivo de diminuir os índices de fraudes nos pagamentos do e-commerce com rapidez, segurança e baixo custo para os lojistas. A empresa não se limita em verificar somente dados cadastrais dos compradores, como analisa todo o comportamento do cliente desde o momento em que o site é acessado.

3. Site Blindado: especialista em segurança para portais de negócios via internet e líder em segurança para e- commerce na América Latina. O seu objetivo é proteger os portais web contra ataques de hacker, infecção por malware, roubo e clonagem de informações e números de cartão de crédito. Desenvolvido pelo Site Blindado, a Blindagem de Sites possui diversos níveis proteção, pois quanto mais exposto um site está, maior o nível de proteção necessário. Por exemplo: sites de nicho precisam de um nível de blindagem inferior aos sites de varejo tradicional.

4. e-Bit: Pioneira em realizar pesquisas com usuários do e-commerce para analisar e entender hábitos e o perfil do consumidor, é referência na divulgação de informações do setor. Além disso, é uma das principais empresas que disponibilizam um sistema de avaliação após a realização da compra na qual o mesmo relata a sua experiência e com isso, as lojas são classificadas por meio de medalhas, diamante, ouro, prata e bronze. Atualmente, a empresa com mais de 7 mil lojas virtuais afiliadas.

5. Reclame aqui: Plataforma que tem como objetivo melhorar o relacionamento entre fornecedores e clientes, de forma transparente e colaborativa. O site permite que os usuários pesquisem sobre um determinado e-commerce, para ter conhecimento se o mesmo é confiável. A avaliação que é feita pelos consumidores se refere a reputação das marcas.

Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Deixe uma resposta