Detecção facial para alertar sobre violência doméstica

Segundo a organização não governamental Action Aid, a violência doméstica é responsável pela morte de cinco mulheres por hora no mundo, a informação é resultado de análise do estudo global de crimes das Nações Unidas e indica um número estimado de 119 mulheres assassinadas diariamente por um parceiro ou parente.

A ActionAid prevê que mais de 500 mil mulheres serão mortas por seus parceiros ou familiares até 2030. O estudo considera dados levantados em 70 países e revela que, apesar de diversas campanhas pelo mundo, a violência ou a ameaça dela ainda é uma realidade diária para milhões de mulheres.

No Reino Unido, a campanha “Women’s Aid”, com o objetivo de conscientizar os cidadãos sobre como identificar sinais de violência doméstica, levou telões para as ruas do Reino Unido mostrando o rosto machucado de uma mulher – à medida que os pedestres paravam e prestavam atenção à campanha, os hematomas começavam a melhorar. Quanto mais pessoas se voltavam ao telão, mais rápido as feridas saravam e, uma vez curada, a vitima agradecia.


Realizada pelas Digital Media Technologies utilizando câmeras IP da Axis Communications, a ação publicitária fez uma utilização inovadora da tecnologia de detecção facial, um analítico de vídeo capaz de reconhecer quando uma ou mais pessoas estão olhando em determinada direção, neste caso, uma tela.

O projeto atraiu ainda mais visibilidade à campanha e ajudou a aumentar as doações à instituição. O projeto foi premiado no Ocean Outdoor’s Art e também em Cannes, com um Leão. 

Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Post Author: Veridiana Serpa

Veridiana Serpa é editora do Geek Chic e do 30&Alguns, administra as comunidades Brazilians Abroad, Firma Produções e Mãe de Gente no Facebook. Designer de bio-jóias, editora de vídeo, Turismóloga, mãe, esposa, geek que tem presença e influência na internet desde 1999, além de ter sido colaboradora nos blogs Digital Drops, Nossa Via e Deusario e TechTudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.