FIRST LEGO League (FLL): Torneio de robótica internacional


Postado em por Veridiana Serpa

A grande final do FIRST LEGO League (FLL), programa internacional sem fins lucrativos, para jovens com idades entre 9 e 16 anos, criado pela Fundação FIRST (“For Inspiration and Recognition of Science and Technology“) e a empresa LEGO , com a finalidade de inspirar e celebrar a ciência e tecnologia entre os jovens, utilizando contextos do mundo real, contará com 15 equipes de robótica brasileiras que garantiram vagas para representar o país em torneios internacionais nos Estados Unidos, Austrália, Espanha e Filipinas.

A cada ano o programa baseia-se num tema diferente, nesta temporada o tema foi Trash Trek (caminhos do lixo), relacionado com as ciências e a comunidade internacional. A etapa regional da competição  foi realizada em nove estados com mais de 4 mil competidores de 500 escolas, 77 equipes garantiram vaga na fase nacional, em Brasília e 700 estudantes de 9 a 16 anos mostraram, na teoria, com projetos de pesquisa, e na prática, com robôs da LEGO Education, as propostas para lidar com o lixo. Os robôs autônomos cumpriram missões na mesa de competição como, por exemplo, levar determinado tipo de lixo para um aterro.

Além do projeto de pesquisa e do desafio do robô, as equipes foram avaliadas em mais duas categorias: design de robô, em que os alunos planejam, projetam, constroem e programam os robôs e core Values, na qual o que conta é o trabalho em equipe, o respeito e a integração.

Ao inserir a robótica em sala de aula, o torneio estimula o aprendizado de conteúdos de física, química, biologia, matemática, linguagem e habilidades do século XXI com mais inovação, criatividade e raciocínio lógico, além de despertar o interesse dos alunos a escolherem carreiras nas áreas de engenharia e tecnologia, fundamentais para a inovação nas empresas.

Desde 2013, o SESI é o operador oficial do Torneio de Robótica FLL, em parceria com a instituição norte-americana FIRST (For Inspiration and Recognition of Science and Technology) e o Grupo LEGO Education (Dinamarca). No Brasil a competição é organizada  pelo Serviço Social da Indústria (SESI) em parceria com a LEGO Education,que há mais de 35 anos fornece soluções e recursos para serem utilizados em sala de aula.

Participam equipes de escolas públicas e privadas, além das equipes de garagem – grupos independentes . Os times, formados por até 10 participantes e 2 treinadores, primeiro disputam regionais e, depois, a etapa nacional. As melhores equipes são selecionadas para a competição final, nos Estados Unidos, e também para os abertos internacionais, onde o foco não é a competição, mas a celebração e integração das melhores equipes do mundo.

As equipes vencedoras da temporada atual são de escolas públicas e particulares de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Sergipe e Alagoas. As três primeiras colocadas são de escolas SESI de São Paulo: a Red Rabbit, de Americana, seguida pela Jedi’s, de Jundiaí, e pela Mega Snakes, de Boituva.

Este ano, as equipes escolheram para qual festival internacional gostariam de ir de acordo com sua classificação na etapa nacional.

As finais do FLL serão realizadas de 27 a 30 de abril no Word Festival, em Saint Louis, USA, onde o Brasil será representado por quatro equipes.

Há ainda os torneios abertos internacionais, destinados a incentivar as equipes classificadas nos torneios nacionais:

 

Torneios Internacionais Cidade/ País Data
European Open Tenerife/ Espanha 4 a 7 de Maio
Arkansas Open Fayetteville/ EUA 19 a 22 de Maio
Asia Open Cebu/ Filipinas 1 a 04 de Junho
Asia Pacific Open Sidney/ Austrália 3 a 5 de Julho

 Na cerimônia de premiação, os organizadores também anunciaram o tema da próxima temporada do torneio, realizado mundialmente: Animal Allies, em que os estudantes vão explorar a relação entre pessoas e animais.

 

Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Deixe uma resposta