Câmera Illum da Lytro permite refocar após tirar a foto


Postado em por Veridiana Serpa

A segunda câmera Illum lançada pela Lytro vai promover o uso da tecnologia de campo de luz , cujo resultado final são imagens que podem ser editadas mesmo depois de terem sido tiradas. O usuário pode realmente reajustar o foco, inclinação, perspectiva e profundidade de campo, a qualquer momento depois de tirar a foto.

Ideal para ser usado entre artistas e outros tipos de mídia já que com a a Lytro Illum a foto é maleável, há muito mais controle sobre exatamente como e onde o foco ou outros efeitos podem ser alterados na foto.

A Illum não captura megapixels, ela capta megarays. Com um sensor de campo de luz de 40 megaray, capta raios inteiros de luz , incluindo a informação tridimensional como o ângulo do raio de luz . Ao reajustar a foto, o usuário faz o reajuste do foco baseado em um conjunto de dados tridimensional.

Os resultados parecem um pouco como imagens tridimensionais. Com uma imagem Illum, o usuário pode mudar a perspectiva dando a ilusão de profundidade. Dá ao fotógrafo ainda mais controle pós-shot, muito mais do que com uma DSLR regular.

A Lytro Illum parece uma DSLR, vem com sensor de 40 megaray, uma lente de zoom óptico de 8x, abertura f/2.0 em toda a faixa de zoom, velocidade do obturador 1/4000 segundo, sistema operacional Android, processador Qualcomm Snapdragon 800 e software proprietário capaz de processar as imagens. Os usuários ainda podem exportar as fotos para o Photoshop ou Aperture para posterior edição , ou compartilhá-los imediatamente nas redes sociais.

No site da Lytro a pré-encomenda (antes de julho) a câmera sai por USD$1500, a partir de julho o preço passa para USD$1.600.

Via.

Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Deixe uma resposta