Concurso Cultural Ilha Dodô

Participe do Concurso Cultural Ilha Dodô valendo um kit para uma criança.
Como concorrer?
Para concorrer basta seguir a Ilha Dodô no  Facebook (facebook.com/ilhadodo) e responder no espaço destinado aos comentários deste post, “Em que século o Dodô foi extinto e por que ele se extinguiu?”.  A resposta está no site da Ilha Dodô, basta procurar a resposta por lá. As respostas certas se classificam para o sorteio, que será feito pela equipe da Ilha Dodô.
Como será o kit?
O kit  inclui:

1. Macacão Vermelho –  Feito em suedine 100% algodão, todo vermelho com viés goiaba, estampado em branco toque zero. Fechado com botões de pressão entre as perninhas e na gola, para facilitar na hora de vestir.
2. Babador Horta -Babador com frente e viés em suedine 50% algodão e 50% poliéster amarelo-pêssego e laranja, e verso rosa em tecido atoalhado. Fechamento com velcro.
3. Caneca do Almirante –  em cerâmica branca, com aplicação de imagem de Dodô , pode ser lavada normalmente (à mão ou à máquina) e colocada no microondas.
Validade?
O Concurso vale do dia 29 de maio de 2012 até 05 de junho de 2012.
* O kit que será enviado pelos Correios. O Concurso é válido para todo o Brasil.
Facebook Comments
Siga-nos & Curta 🙂

Post Author: Veridiana Serpa

Veridiana Serpa é editora do Geek Chic e do 30&Alguns, administra as comunidades Brazilians Abroad, Firma Produções e Mãe de Gente no Facebook. Designer de bio-jóias, editora de vídeo, Turismóloga, mãe, esposa, geek que tem presença e influência na internet desde 1999, além de ter sido colaboradora nos blogs Digital Drops, Nossa Via e Deusario e TechTudo.

12 thoughts on “Concurso Cultural Ilha Dodô

    Rafael Coura

    (29 de Maio de 2012 - 16:25)

    Foi extinto no seculo XVII, apenas 80 anos depois que o ser humano colocou os pés nas Ilhas Mauricio, em 1598.
    O pássaro dodô transformou-se no símbolo dos animais extintos, provavelmente graças à relação direta entre a ação do homem (comê-lo!) e seu desaparecimento definitivo, ou seja, o homem é o responsável!!!! Pra variar!

    clayton martins rodrigues

    (29 de Maio de 2012 - 16:26)

    O dodô, extinguiu-se em meados do século XVII, depois que os humanos destruíram as florestas onde as aves faziam seus ninhos e introduziram animais que comiam os ovos postos por elas.

    Mônica Ipolito

    (30 de Maio de 2012 - 10:53)

    O Dodô foi extinto no século XVII pelo homem que o usava como alimento

    Êmili Grassiotto

    (30 de Maio de 2012 - 11:34)

    O Dodô vivia nas Ilhas Maurício no século XVII e logo após a ilha ser habitada e colonizada por seres humanos ele foi extinto.
    O Dodô não tinha medo das pessoas, o que, combinado com o fato de não voar, fez dele uma presa fácil para os humanos. Os primeiros colonos da ilha foram os portugueses, que chegaram em 1505. O nome dodó provavelmente tem origem no aspecto desajeitado destas aves; por isso, os batizaram de “doudos”, ou seja “doidos”. O dodó era uma excelente fonte de alimentação, pesando cerca de 16 quilos. Os dodós adultos foram caçados, mas esta não foi a única ameaça que passaram a enfrentar. Quando os humanos chegaram, trouxeram consigo outros animais, como porcos, ratos e macacos, que destruíam os ninhos do dodó. O último dodó foi morto em 1681, e não foi preservado nenhum espécime completo, apenas uma cabeça e um pé (o que restou dum espécime num museu na Inglaterra após um incêndio).

    Cláudia Cibele Bitdiger Cobalchini

    (30 de Maio de 2012 - 11:56)

    Vivia nas ilhas Maurícias, uma das ilhas Mascarenhas na costa leste da África, perto de Madagascar. Foi extinta graças à ação do ser humano durante o processo de colonização da ilha. Os primeiros colonos da ilha foram os portugueses, que chegaram em 1505. Os dodós adultos foram caçados, mas esta não foi a única ameaça que passaram a enfrentar. Quando os humanos chegaram, trouxeram consigo outros animais, como porcos, ratos e macacos, que destruíam os ninhos do dodó. O último dodó foi morto em 1681

    Irene

    (30 de Maio de 2012 - 15:55)

    O pássaro Dodô foi extinto no século XVII e ele se extinguiu porque não tinha medo das pessoas, e o fato de não voar contribuiu para que ele fosse uma presa fácil para os humanos. O dodó era uma excelente fonte de alimentação, pesando cerca de 16 quilos. Os dodós adultos foram caçados, mas esta não foi a única ameaça que passaram a enfrentar. Quando os humanos chegaram (os primeiros colonos portugueses em 1505, trouxeram consigo outros animais, como porcos, ratos e macacos, que destruíam os ninhos do dodó. O último dodó foi morto em 1681 🙁

    Kelly

    (1 de junho de 2012 - 13:25)

    O Dodô se alimentava de frutas e acabou por ser extinta graças à ação do ser humano durante o processo de colonização das ilhas Maurícias
    Não tinha medo das pessoas, o que, combinado com o fato de não voar, fez dele uma presa fácil para os humanos.
    O último dodó foi morto em 1681, século XVII, e não foi preservado nenhum espécime completo, apenas uma cabeça e um pé (o que restou dum espécime num museu na Inglaterra após um incêndio).

    […] a pena informar que está rolando no Geek Chic, meu blog, o Concurso Cultural Ilha Dodô, valendo o kit […]

    elly chagas

    (2 de junho de 2012 - 00:00)

    os dodôs foram extintos no século XVII pela presença humana nas Ilhas Maurício: caçados e tendo seus ninhos destruídos por animais que estes humanos trouxeram.

    Concurso Cultural Ilha Dodô no Geek Chic | Mugango

    (2 de junho de 2012 - 17:37)

    […] Por / 1 de junho de 2012 / / Vale a pena informar que está rolando no Geek Chic, meu blog, o Concurso Cultural Ilha Dodô, valendo o kit […]

    Daniele oliveira dos Santos

    (4 de junho de 2012 - 10:29)

    O dodô foi extinto no seculo XVII, apenas 80 anos depois que o ser humano colocou os pés nas Ilhas Mauricio, em 1598. O pássaro dodô transformou-se no símbolo dos animais extintos, provavelmente graças à relação direta entre a ação do homem (comê-lo!) e seu desaparecimento definitivo, ou seja, o homem é o responsável!

    Denise

    (5 de junho de 2012 - 01:08)

    O dodô era a coisa mais fofa, não tinha medo das pessoas e não voava. Pena que no sec. XVII o homem resolveu acabar com ele, de tanto caçar para comer e tendo também seus ninhos destruidos por animais trazidos pelos colonos portugueses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *